Entenda por que fidelizar pode ser a chave para vencer a crise

Não é novidade para ninguém que estamos enfrentando o início do que promete ser uma grande crise financeira no país, e já se podem sentir seus efeitos nos vários setores do mercado. O primeiro pensamento dos empresários e administradores é o de buscar estratégias que irão minimizar os efeitos da baixa demanda, para que sua empresa não seja tão afetada.

A solução mais conhecida e, consequentemente, a que mais se busca é a de atrair novos clientes. Entretanto, dentre as diversas alternativas existentes para fazer com que sua empresa sobreviva está a fidelização dos atuais clientes, que traz um ótimo retorno para a empresa. Conheça no post de hoje um pouco mais sobre essa alternativa constantemente subestimada e deixada de lado pelas organizações.

Fidelizar como chave para vencer a crise

Em tempos de crise, os consumidores ficam extremamente seletivos em relação a o que e onde irão consumir, e a expressão “custo-benefício” se torna cada vez mais comum. A estratégia de fidelização consiste em examinar seu banco de dados e buscar alternativas para manter os clientes que você já tem e resgatar os inativos.

Clientes fiéis não irão buscar a concorrência, pois já conhecem o seu serviço e acreditam que o custo e o risco de mudança é elevado demais. Em períodos de vacas magras, manter um cliente ou perdê-lo para a concorrência pode ser a diferença entre prosperar ou fechar as portas.

Perfil do público

A pesquisa feita no banco de dados de sua empresa te permite conhecer melhor o perfil do seu cliente, e a partir daí você poderá elaborar as estratégias mais adequadas para atrai-los e retê-los. Descobrir qual é o perfil predominante dos seus clientes te permitirá aperfeiçoar sua produção e mostrar ainda mais resultados. Informações como datas de aniversário, faixa etária predominante e local de residência te permitem criar estratégias de descontos e promoções, por exemplo.

Indicadores de sucesso

Identificar um problema e agir em cima dele é extremamente importante, porém de igual importância é ter formas de medir o sucesso das ações tomadas. Defina indicadores que irão determinar se as ações adotadas pela sua empresa estão de fato gerando resultados ou se são apenas gastos ineficazes de recursos. A taxa de retenção de clientes é um dos melhores indicadores para medir sua capacidade de fidelização. Lembre-se: uma maior taxa de retenção significa um cliente com valor — ou seja, a quantidade de dinheiro que ele deixará na sua mão em seu período de vida como cliente — cada vez mais alto.

Novas opções para o consumidor

Inovações devem apresentar uma proposta clara para melhorar a relação de custo-benefício e resolver um problema. Em épocas de crise, em especial, os consumidores buscam reduzir ao máximo os gastos e, por isso, investem em produtos e serviços que proporcionarão maior economia no decorrer do tempo. Por isso, invista em inovações que sejam capazes de atender às novas demandas.

As estratégias de fidelização, além de aumentarem o ticket médio da empresa e o valor de cada cliente, também permitem se aproximar mais dos seus clientes e traçar estratégias mais específicas. Assim, fidelizar seus clientes é uma estratégia imprescindível para superar a crise! E você, já tem estratégias de fidelização de clientes? Conte para nós nos comentários!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Rolar para cima
×

Powered by WhatsApp Chat

× Como posso te ajudar?